ISSN 2183-4253
 
Alimentos “geneticamente modificados”
Código: SS-23      
Resumo:
Existe uma contradição crescente entre a opinião generalizada de que os alimentos produzidos com derivados de plantas geneticamente modificadas com recurso à tecnologia do DNA recombinante são perigosos e a acumulação de dados científicos, técnicos e práticos que demonstram o contrário. Este artigo de opinião pretende apresentar esta questão tendo por base não só os conhecimentos acima referidos, mas também a importância de se poder (e dever) utilizar todos os conhecimentos científicos disponíveis na procura de soluções para a produção de alimentos, num mundo em que a população humana continua em crescimento exponencial, ao mesmo tempo que se procura garantir um desenvolvimento sustentável.
Lista de Autores
Manuel Pedro Fevereiro
Apoios: